Políticas públicas para a melhoria do Ensino Médio: socialização científica, tradução e transferência de resultados (CNPq, 2017-2021)

A pesquisa coordenada pelo Gestrado tem como objeto o estudo sobre os efeitos das políticas educativas na reestruturação da profissão docente frente aos processos de globalização que determinam a agenda internacional da educação. Faz uma análise das transformações recentes no Ensino Médio no Brasil, a partir de um estudo comparativo que permite identificar as influências internacionais sobre as políticas de ampliação da sua oferta, de orientação das suas finalidades e dos resultados nas principais avaliações, com o intuito de subsidiar medidas que visem a sua melhoria. Pretende-se, possibilitar, por meio da cooperação internacional, a construção de uma síntese científica e a tradução e transferência de resultados de pesquisas entre Brasil, França e Portugal. O projeto tem como estratégia metodológica facilitar o intercâmbio e cooperação em nível nacional e internacional para disseminar o conhecimento científico e para transferi-lo para os profissionais (diretores, formadores, professores) por meio de um triplo processo: produção, mediação e tradução. Esta proposta pretende mapear resultados de pesquisa em âmbito internacional em áreas relevantes para a formulação de políticas para o Ensino Médio: abandono escolar, habilidades básicas, desenvolvimento profissional, avaliação, o uso de tecnologias digitais. Além da UFMG (Faculdade de Educação, Departamento de Ciência da Computação, Escola de Ciência da Informação e Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas), integram a pesquisa a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), a Universidade de Lisboa, a Universidade de Strasbourg e a Universidade de Barcelona.

Site da pesquisa: www.docencia.net.br.